Inside The Games avisa: vem mais verba aos paraolímpicos

Se a equipe brasileira já fez história nos Jogos Paralímpicos de Londres ao conquistar o sétimo lugar geral, imagina o que pode fazer com mais recursos em 2016. Esta semana, o conceituado site esportivo Inside The Games divulgou detalhes do convênio firmado entre o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e o Ministério do Esporte para o ano de 2013. Os números chegam quase a 20 milhões de dólares.

Este dinheiro será usado para realizar uma preparação em alto nível das seleções permanentes e dos jovens atletas para disputar os Jogos Paralímpicos do Rio, em 2016. As ações envolvidas no convênio vão desde a promoção de fases de treinamento, intercâmbios internacionais, participações em competições nacionais e internacionais a aquisição de materiais esportivos e contratação de recursos humanos.

Os esportes que receberão a verba são basquete em cadeira de rodas, bocha, ciclismo, esgrima, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, halterofilismo, judô, natação, rúgbi em cadeira de rodas, remo, vela, tiro esportivo e vôlei sentado. Já atletismo e natação poderão utilizar parte de seus recursos em 2014.

Em 2012, o acordo assinado entre CPB e Ministério viabilizou 4,36 milhões dólares para a reparação dos atletas. Como consequência, o Brasil terminou as disputas em Londres no sétimo lugar, após conquistar 43 medalhas, sendo 21 delas de ouro. O presidente do CPB, Andrew Parsons, acredita que o aumento do financiamento é uma enorme ajuda para o país buscar o top cinco nos Jogos Rio 2016, quando o Brasil competirá em casa.

Foto: Divulgação/CPB