Esporte adaptado recebe atenção da Coordenadoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência em Presidente Prudente

As políticas de inclusão foram discutidas numa reunião entre o prefeito Milton Carlos de Mello ‘Tupã’ (PTB) e os coordenadores dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Douglas Kato e do Idoso, João Gualberto de Paula. O encontro foi realizado na sede das coordenadorias que funciona na Praça da Juventude ‘Lucas Nalini Paschoalin’, na Cohab. Conforme o coordenador dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Douglas Kato, na ocasião foram apresentados projetos idealizados pela coordenadoria e que envolvem questões de adaptações nos atendimentos e serviços públicos para facilitar o acesso da pessoa com deficiência. Na ocasião, Kato ressaltou a importância dos investimentos no esporte adaptado. “A intenção é fomentar a participação das pessoas deficientes no esporte através dos equipamentos com acessibilidade”, revela Kato.

O coordenador dos Direitos da Pessoa com Deficiência adianta que o prefeito Tupã já autorizou investimentos na compra de cadeiras que permitem ao deficiente participar de corridas e disputas na modalidade atletismo. “Queremos incentivar a participação do deficiente no esporte adaptado, que deve ganhar cada vez mais espaço e também adeptos com os investimentos viabilizados pelo prefeito Tupã”, ressalta Kato. Segundo ele, a questão da acessibilidade representa uma preocupação importante da administração municipal. O coordenador revela que com o aval do prefeito a intenção é buscar recursos das esferas estadual e federal para conseguir investimentos que devem fomentar o esporte adaptado em Prudente.

Na oportunidade, Kato também apresentou propostas de acessibilidade que contemplam adaptações em prédios públicos e também em relação aos serviços e atendimentos públicos, como saúde e educação. Na área do ensino, a intenção é de propor a instalação de sistemas tecnológicos adaptados para o deficiente, como mouse, teclado, dentre outros. Segundo ele, as questões também, envolvem adaptações no setor do Turismo, para que os passeios aos pontos turísticos e o lazer sejam acessíveis aos deficientes.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação