Quad Rugby terá espaço em novo CT Paraolímpico

O projeto de construção do Centro Paraolímpico Brasileiro, instalação pioneira no país e principal centro de treinamento para atletas paralímpicos da América Latina, foi apresentado nesta sexta-feira, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo , com a presença da Presidente da República, Dilma Rousseff. O CT é parte do Plano Brasil Medalhas, do Ministério do Esporte, que tem por objetivo consolidar o país entre as maiores potências esportivas do mundo, e será erguido no Parque Fontes do Ipiranga.

O complexo esportivo reunirá 14 esportes: atletismo, basquetebol em cadeira de rodas, bocha, natação , esgrima em cadeira de rodas, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, halterofilismo, judô , rúgbi em cadeira de rodas, tênis em cadeira de rodas, tênis de mesa e voleibol sentado. A concentração de modalidades em um só local é inspirada em países como Ucrânia, China e Coreia do Sul. A previsão é entregar a primeira parte das obras em 2014 e o complemento em 2015.

“Aqui, estamos comemorando e mais que homenageando, apoiando a persistência, a força de vontade e o movimento de superação que um grande atleta olímpico ou paralímpico tem que ter para lutar e chegar até o pódio. É para esses atletas que o Brasil implanta o Centro. Porque a palavra é dever e nós devemos esse apoio, porque ele é crucial para que os atletas de alto rendimento conquistem mais vitórias. Além disso, transformem tudo em conhecimento”, disse a Presidente.

 

Em uma área projetada em 94 mil metros quadrados, serão construídos quatro ginásios, dois campos de futebol , quadras de tênis e pista de atletismo. Além disso, uma área residencial composta por alojamentos, refeitório e lavanderia, um setor administrativo com escritórios, salas de reunião, auditórios, depósitos e estacionamento fazem parte do projeto. O Centro de Medicina e Ciências do Esporte, a academia, vestiários e outros espaços de apoio completam o espaço.

O evento contou com a presença dos atletas paralímpicos Daniel Dias, nadador que faz parte do Conselho de Esportes Rio 2016™, e Fernando Fernandes, da paracanoagem.

Fonte: Rio 2016