World Bike Tour 2012: Incluindo pessoas pela sustentabilidade por meio do ciclismo.

Concretizada em Janeiro de 2009, a edição do Bike Tour São Paulo, marcou a primeira realização do projeto WBT fora do continente Europeu.Com expectativas superadas, a 2ª edição, realizada em Janeiro de 2010 foi a consolidação do projeto que já faz parte da vida dos Paulistanos.

No próximo dia 25 de Janeiro de 2012 realiza-se a 4.ª edição do World Bike Tour São Paulo, na data do 458º aniversário da cidade, onde 8 000 participantes mediante uma inscrição com valor de R$200 receberão todo o equipamento necessário para o passeio, incluindo bicicleta e capacete, além do dorsal, mochila, camiseta e diploma de participação, que poderão levar para casa no final do passeio. Um evento por uma melhor qualidade de vida, onde o elemento da inclusão social terá lugar de destaque, com a presença de pessoas deficientes visuais e deficientes físicos, na frente de todo o pelotão.

Os participantes irão percorrer, cerca de 10 kms por um itinerário com partida na Ponte Octávio Frias de Oliveira (ponte estaiada), seguindo pela Marginal Pinheiros, Praça Arcipreste Anselmo de Oliveira, Ponte Cidade Universitária, Rua Alvarenga, Avenida Afrânio Peixoto, terminando com a chegada instalada na Rua Professor Mello Morais, Junto á Portaria 14 “velódromo” na USP. Na organização desta edição, colaboraram diferentes empresas e entidades, entre as quais: Bradesco Seguros, TV Globo, Shopping Morumbi, Hospital São Luiz, Caloi, Brasil Econômico, Marca Brasil e Editora Globo.

O World Bike Tour São Paulo continua a crescer, são vários os eventos paralelos que integram o projeto que já marca o aniversário da Cidade de São Paulo, e que cada vez mais se assume como acontecimento de referência na mobilização social e de aposta no desporto, na prevenção do consumo de drogas bem como na proteção ao meio ambiente através da sensibilização para o uso da bicicleta, como meio de lazer e transporte não poluente.

Dia 3 de dezembro de 2011, também foi realizado o World Bike Tour pela Inclusão. Quatro grupos de pessoas com e sem deficiência se deslocaram pela cidade utilizando transporte público. As pessoas sem deficiência tiveram os olhos tapados e andaram de cadeiras de rodas acompanhadas pelos deficientes. Entre os convidados, estiveram secretários estaduais e municipais e o jornalista Fernando Rocha, do programa Bem Estar. Divididos entre grupos, eles foram da região da Luz até a o Parque Trianon usando transporte público.

O VI Seminário Internacional World Bike Tour faz acontece no salão nobre da FIESP irão ser abordados temas como a saúde, esporte e ação social. Porque somos socialmente responsáveis e estas temáticas não podem ser descuradas, o World Bike Tour promove a sua discussão com o objectivo claro de alertar a sociedade civil para os diversos comportamentos de risco.

A Volta ao Mundo, outro evento organizado pelo World Bike Tour, possui uma estrutura fixa, instalada no Parque Ibirapuera, com aproximadamente 450 m2, onde estarão instaladas 12 bicicletas – 6 roda 26, 2 roda 24, 1 roda 20, 1 roda 16, 1 handbike adulto e 1 handbike criança ira permitir, ainda que virtualmente, todo o público percorrer os cerca de 42000 Km´s correspondentes a uma Volta ao Mundo em bicicleta. Ao perfazer Km´s a pedalando a nossa posição no mundo é monitorizada e exibida em monitores instalados para o efeito no local.

Na Volta ao Mundo, ao pedalarmos estamos a produzir energia limpa através de geradores elétricos acoplados às bicicletas. Estes geradores de eletromagnetes simples em conjunto com 4 painéis fotovoltaicos e 4 torres eólicas iram suprir toda a demanda de consumo elétrico do próprio evento, minimizando a pegada de carbono. Um evento sustentável e inclusivo, onde as acessibilidades e bicicletas adaptadas estão presentes, para um mundo dada vez melhor para todos! Como complemento da atividade, por cada 1000 Km percorridos, será plantada uma árvore. O plantio das árvores formará um círculo na cidade de São Paulo.

Fonte: Turismo Adaptado