Agora é paralímpico

Texto bem legal do amigo Michel Castellar

A palavra “paraolímpico” e suas derivadas serão substituídas no vocabulário do paradesporto por “paralímpico” e suas variações, a partir de sábado. O Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) aproveitará o lançamento da logomarca dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul, e vai oficializar a troca de seu nome, além de revelar seu novo portal na internet.

– Foi uma orientação do Comitê Paralímpico Internacional (IPC) para o Brasil se alinhar mundialmente aos demais países – explicou o gerente de Comunicação e Marketing do CPB, Frederico Motta, que considerou a mudança 100% positiva para a entidade.

O Brasil é o único país de língua portuguesa que ainda adota o termo “paraolímpico”. E, há muito, o IPC havia sugerido a mudança, que era protelada pelo CPB.

Com a realização dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, o CPB optou por aproveitar a ocasião e realizar a mudança. E, a princípio, a alteração não provocará impacto financeiro na entidade.

– A mudança será gradual. Começaremos com a troca de nomenclatura nas assinaturas de emails e o lançamento do novo portal. Mas todo o material de papelaria será substituído conforme for acabando o antigo – explicou Motta.

Para o gerente de Comunicação e Marketing do CPB o principal problema será na área cognitiva. Fazer com que as pessoas se acostumem a usar os termos paralímpico (a) ou paralimpíada (s).

– Não vamos colocar a faca no pescoço de ninguém para forçar uma troca de imediato. Será tudo natural. Até no CPB a gente ainda se confunde. É tudo uma questão de costume – considerou Motta.

Entidades vão ter 18 meses para adaptação

O Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 foi o primeiro a oficializar a troca do nome para paralímpico, mas as entidades parceiras do Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) terão até 18 meses para se adequar às alterações no nome.

– Há entidades que têm uniformes ou tendas com o nome paraolímpico e não vamos forçá-las a jogar tudo fora só porque trocamos de nome – disse o gerente de Comunicação e Marketing do CPB, Frederico Motta.

Motta citou o exemplo da Etapa Nacional do Circuito Loterias CAIXA Brasil de Atletismo, Halterofilismo e Natação, que será realizada no início de dezembro, e ainda utilizará material com o antigo nome.
Leia mais no LANCENET! http://www.lancenet.com.br/rio2016/Termo-paraolimpico-sera-usado-Brasil_0_596340500.html#ixzz1ed5wWeha
© 1997-2011 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!