Estande de Inovação terá bicicleta para tetraplégico

Mostrar que a inovação está acessível aos empresários de micro e pequenos negócios. Este é um dos objetivos do estande de inovação da Feira do Empreendedor , que acontece de 4 a 8 de outubro, no Centro de Convenções da Bahia, em Salvador. De acordo com pesquisa feita pelo IBGE, feita entre 2006 e 2008, na Bahia apenas 36,5% das empresas implementaram alguma inovação.

Marcia Suêde Motta, supervisora de Inovação Tecnológica do Sebrae Bahia

A supervisora de Inovação Tecnológica do Sebrae Bahia, Marcia Suêde Motta, explica que hoje as empresas têm facilidades de acesso a programas de subvenção com subsídios dos governos federal e estadual para investir em inovação. “O objetivo do Sebrae é mostrar às micro e pequenas empresas que elas podem aumentar seus lucros com atitudes simples de inovação, como alterar processos de produção, adquirir um software de gestão, preservar o meio ambiente, reduzir custos ou até mesmo comprar um computador. É mostrar que a equação lucro igual a receitas -despesas poderá ser multiplicada quando a empresa usa inovação”, explica Marcia.No estande de Inovação e Tecnologia, um espaço de 225 m2, uma parceria do Sebrae com a Secti-Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação serão apresentados casos de inovação tecnológica desenvolvidos através de editais da Fapesb-Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado da Bahia e de instituições parceiras.

Os casos escolhidos apresentam produtos e processos inovadores que geraram alguma melhoria na qualidade de vida do baiano, além de trabalho e renda.O objetivo é desmistificar o conceito de Inovação, mostrando que não custa caro, que agrega valor ao produto ou processo e gera um diferencial competitivo, além de apresentar à sociedade o que está sendo apoiado e desenvolvido através dos editais e das parcerias universidade-empresa.

Os visitantes da Feira também vão conhecer o Programa Sebraetec que estimula a transferência de tecnologia, aproximando as micro e pequenas empresas das instituições de pesquisa. A partir de um diagnóstico nas empresas o Sebrae oferece produtos como o programa Cinco Menos que São Mais que ensina os empresários a desperdiçarem menos água, energia, matéria-prima e com isso gerar menos lixo e poluição.

O Sebraetec ainda oferece consultoria para implantação de sistemas de automação comercial, melhoria de processo e apoio a redação de patentes.

Primeiro protótico da bicicleta para deficientes

No espaço de inovação e tecnologia o visitante da Feira do Empreendedor terá a oportunidade de conhecer produtos inovadores que contam com a assessoria do Sebrae para o registro de patentes. É o caso da bicicleta elétrica para deficientes físicos que são paraplégicos e tetraplégicos. O produto foi desenvolvido na empresa Imago, que está na Inovapoli, Incubadora da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia e contou com o apoio de engenheiros mecânicos, eletricistas, fisioterapeutas e designs.

 

O engenheiro mecânico, Vinicius do Rego Dias, explica que o sistema de eletrocicloergometria usa a estimulação elétrica para promover o movimento do paciente. Segundo o Censo de 2000 no Brasil eram 950 mil paraplégicos, tetraplégicos e hemiplégicos (pacientes com paralisia de um lado do corpo como pessoas que tiveram AVC e derrames).

De acordo com o professor da Ufba, o fisioterapeuta Abraão Fontes Baptista, depois da autorização da Anvisa-Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o eletrocicloergometria vai poder ser usado para recuperar movimentos e a sensibilidade do paciente, permitindo a manutenção de massa muscular, prevenindo a osteoporose, a melhora no condicionamento cardiorespiratório e na auto estima dos pacientes.

“A inovação tem uma importância fundamental para o País. O empresário pode transformar o conhecimento científico em um produto inovador. O objetivo é desenvolver empresas de equipamentos biomédicos. Nossa idéia é que a Bahia seja um pólo de desenvolvimento biomédicos. Inclusive já existe um estudo para a implantação de um curso de pós-graduação em tecnologia e saúde na Ufba”, conta o professor Abrão Fontes.

A Feira do Empreendedor é realizada pelo Sebrae Bahia e conta com os patrocínios do Bradesco, TIM, Sistema Faeb/Senar, Desenbahia, Setur/Bahiatursa, Correios, Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste, Petrobras e Banco do Brasil. Outras informações podem ser acompanhadas no Facebook Sebrae Bahia, no Twitter @sebraebahia e no www.youtube.com/SebraeBahia.

Fonte: IBahia