Romário participa de partida de futebol para cegos

Em Volta Redonda para a abertura da Olimpede (Olimpíada para pessoas com deficiência), Romário participou nesta sexta-feira de um amistoso contra uma seleção local de futebol de cinco (para cegos). Com os olhos vendados, ele, Ricardo Rocha e Deley tiveram dificuldades de se acostumar com a limitação da vista e perderam por 3 a 2.

– A experiência foi fantástica. É muito difícil saber onde está a bola. Para quem tem deficiência visual é muito difícil saber onde está a bola. Esses caras realmente se superam – disse o baixinho.

Romário, que chegou de helicóptero no local, marcou os dois gols de sua equipe. O time de deficientes chegou a estar vencendo por 3 a 0.

– Deu para pagar um miquinho. Realmente é muito difícil jogar desta maneira. É uma lição de vida porque o ser humano sem deficiência às vezes reclama muito da vida e não sabe o que é ter dificuldade. E esses caras, mesmo com os obstáculos, jogam bem – afirmou Ricardo Rocha.

Pelo regulamento do esporte, tanto os cegos quanto o time do Romário jogaram com os olhos vendados. A bola tem guizos, para que eles possam localizá-la através do som. Os únicos que enxergam são os goleiros.

A abertura oficial do evento será nesta sexta, às 15h, com show do cantor Buchecha.

Romário jogou futebol para cegos

Romário jogou futebol para cegos Foto: Divulgação
O jogador experimentou a sensação de jogar vendado

O jogador experimentou a sensação de jogar vendadoFoto: Divulgação
O time de Romário perdeu por 3 a 2

O time de Romário perdeu por 3 a 2 Foto: Divulgação

Fonte: EXTRA