Para-atletas de Guarujá são credenciados para vaga nas Paraolimpíadas de Londres 2012

Pela primeira vez na história de Guarujá, a Cidade terá representantes numa competição paraolímpica. Durante a disputa da Copa do Mundo de Bocha, realizada em Belfast, na Irlanda do Norte, os guarujaenses Vitor Rosa, Natali Faria e Deiverson Lenon entraram na pré-lista de convocação para os Jogos Paraolímpicos de Londres 2012, na categoria equipes (BC1+BC2).
A seleção brasileira fez sua preparação em Guarujá e embarcou para a Irlanda do Norte, com um só objetivo, que era a classificação para Londres em 2012. Com um sétimo lugar nas disputas da categoria equipe (BC1+BC2), assim como uma ótima evolução técnica de seus atletas, o País conseguiu a tão sonhada classificação para os Jogos Paraolímpicos, até então inédito no Brasil.
Nesta Copa do Mundo de Belfast, na Irlanda do Norte, realizada entre os dias 17 a 30 de agosto, a Associação Paradesportiva da Baixada Santista (APBS), com sede em Guarujá, esteve com três para-atletas; Maria Isabel Lourenço e Alexandre Rodrigues, na categoria BC3, e Natali Faria, na categoria BC2. Os treinadores Moisés Fabrício (técnico da categoria BC3 da seleção brasileira) e Vagner Lima (assistente técnico) acompanharam a delegação.
Os para-atletas tiveram um bom desempenho na primeira parte do campeonato, que é justamente o que importa para a classificação para uma paraolimpíada, que é a fase de pares BC3 e BC4 e equipe BC1+BC2. Maria Isabel e Alexandre conquistaram a inédita vitória contra o par do Canadá e Alemanha pelos placares 3X2 e 5X1, respectivamente, e tiveram uma derrota sobre a poderosa equipe da Tailândia, segunda no Ranking Mundial, por 2X4.
Com a derrota, o País terminou na 9ª colocação, que é um bom resultado para o Brasil, que a cada ano vem melhorando nesta categoria. Já na modalidade pares BC4, o Brasil novamente foi campeão com as presenças dos para-atletas guarujaenses Dirceu Pinto, Eliseu Santos e Adriano Andrade.
Na categoria equipes (BC1+BC2), veio a conquista da vaga paraolímpica com a participação da para-atleta Natali Faria da APBS. Eles conquistaram vitórias contra as fortes equipes de Hong Kong e Estados Unidos, e perderam para a equipe da Grã Bretanha na fase de grupos e na fase eliminatória para a campeã e primeira do ranking mundial, a Coréia do Sul.
No final, a 7ª colocação foi o suficiente para a disputa dos Jogos Paraolímpicos de Londres 2012. Vale lembrar que Vitor Rosa e Natali Faria (BC2) são praticamente presenças certas na lista de convocados. Já Deiverson Lenon (BC1) corre por fora.
O coordenador técnico da APBS e uns dos técnicos da seleção brasileira, Moisés Fabrício, se surpreendeu com o desempenho dos atletas. “Primeiramente temos que ter a consciência que estávamos em um evento com 34 países. Esta era a última chance de todos conquistarem a vaga para as paraolimpíadas de Londres”, ressalta.
“Nós ficamos entre as 10 melhores do mundo em todas as categorias, e isso é um grande feito para o nosso País e modalidade. Agora é continuar o trabalho e surpreender novamente nos jogos paraolímpicos de Londres 2012”, afirma Moisés.
APBS – Guarujá tem entre seus clubes desportivos a Associação Paradesportiva da Baixada Santista (APBS), que desde 2003 realiza um trabalho sério e profissional.
A Associação utiliza modalidades paradesportivas e paraolímpicas para a melhora da qualidade de vida das pessoas com deficiência do Município e região, possuindo no quadro de suas modalidades uma das principais equipes de bocha do Brasil, sendo a Cidade que tem mais atletas na seleção desde 2010.
Outras Competições – Ainda em 2011 será realizado o Parapan-americano em Guadalajara, no México, em novembro, e Guarujá estará representado pelos atletas Vitor Rosa e Deiverson Lenon da APBS. “Isso mostra que a APBS vem renovando sua equipe e sempre se mantém com atletas na seleção brasileira de bocha paraolímpica”, enfatiza Moisés.
Fonte: Prefeitura do Guarujá