Fernando Fernandes: “tenho fé, mas minha religião é o esporte”

O paraatleta Fernando Fernandes, bicampeão mundial de canoagem, foi o convidado desta segunda-feira (12) do programa Rumo a 2012. Durante o bate papo com o Terra, o ex-BBB falou sobre a superação após uma lesão medular e a evolução na sua recente – e vitoriosa – carreira dentro do esporte.

Para Fernando, que há dois anos sofreu um grave acidente automobilístico, foi necessário um susto para que o seu potencial fosse descoberto. “Eu duvidava da minha capacidade.

Hoje, eu me vejo muito mais forte, até porque foram dois anos de treinos intensos”, afirmou o paracanoísta, que não se vê como exemplo de superação. “Isso são as pessoas que acham. Eu mesmo vejo isso tudo com naturalidade, porque sempre pratiquei esportes. Apenas estou descobrindo novas formas de praticar”.

Antes de colher os louros de duas conquistas mundiais na paracanoagem, o paraatleta passou por diversas situações constrangedoras e adversas, porém, não desistiu e reuniu forças para dar sequência a sua nova vida esportiva. “A adaptação foi muito difícil. Às vezes, eu tinha que competir e ficar dias sem tomar banho, porque não existiam condições nos locais em que eu estava, nada era adaptado. Mas não era isso que ia me parar”, disse.

Fernando Fernandes, inclusive, chegou a tentar a prática de outro esporte.Ele correu a São Silvestre de cadeira de rodas, porém, deixou de lado a maratona quando percebeu que a paracanoagem tinha mais semelhanças com seus gostos.

“Usei as luvas erradas na São Silvestre e ainda no início de prova eu já estava com as mãos em carne viva. Serviu como prova de superação, mas não era meu esporte.

A canoagem tem muito mais a ver comigo. Bateu com minha personalidade, é meu prazer”, afirmou o paraatleta, que estará no Pan de Guadalajara realizando matérias para o Comité Paraolímpico Brasileiro (CPB)e que tem como lema dizer que “possui fé, mas segue o esporte como religião”.

Fontes: Terra e Ser Lesado