Edson Dantas entra para Triatlhon e sonha com a Paraolimpíada de 2012

Há cerca de um ano o atleta Edson Dantas, amputado de membro inferior, começou a treinar para o triatlhon em busca de uma vaga na Paraolímpiada de 2012. O maratonista sempre gostou de provas longas, mas sua categoria T44 até hoje não é considerada uma modalidade olímpica. Por este motivo, ele decidiu se tornar um triatleta.

“Meu sonho sempre foi participar de uma paraolimpíada. Em 2010 houve o anuncio que o triatlhon entraria para os Jogos, foi quando decidi que deveria começar o treinamento”, comenta Dantas, que neste momento sente mais dificuldade na natação. “Eu já participei várias vezes da Maratona de Nova York e sou tetracampeão da São Silvestre, então a corrida para mim é a parte mais fácil”.

Edson competirá no próximo dia 25 o Circuito Paraolímpico, que acontecerá na cidade de Campinas, prova seletiva para o Campeonato Brasileiro. Já no final de julho o triatleta embarca para Londres, em busca de um bom resultado no Paratriátlon, que está marcado para o dia 7 de agosto e poderá classificá-lo para a tão sonha Paraolimpíadas de 2012.

“Todas as competições me deixam com mais condição de representar o Brasil. Além disso, nessa fase de preparação é muito importante manter o foco, pois sei que preciso melhorar muito”, afirma o atleta de 45 anos. “Às vezes acho que o meu maior obstáculo é driblar a minha idade, embora saiba que os triatletas podem ter uma boa perfomance, mesmo quando mais venho”, conclui.

O brasileiro que deseja representar bem o Brasil em 2012 sofreu a amputação da perna direita após ser empurrado do trem em que viajava, durante um arrastão. Depois do acidente, Dantas encontrou no esporte o caminho para superação. “Enquanto Deus me der vida e saúde, estarei sempre correndo”, revela o atleta, um dos melhores do país.