Maratona de São Paulo reúne 20 mil corredores neste domingo

A 17ª edição da Maratona Internacional de São Paulo, a maior e melhor prova do gênero no País, agita o domingo da Capital Paulista. A prova tem 20 mil participantes e seu ponto alto é a disputa entre os atletas brasileiros e africanos. A primeira largada será às 7h40 para os cadeirantes. Às 7h50 será a vez da elite feminina. Às 8h25 saem a elite masculina e os demais pelotões.

A Maratona de São Paulo tem o tempo mais rápido feito na América do Sul. Ele foi obtido por Vanderlei Cordeiro de Lima, com a marca de 2h11min19s, na edição de 2002. Em 2010, o queniano Stanley Biwott, de apenas 23 anos, ficou a apenas 2 segundos do recorde.

A prova é disputada em três distâncias – 42, 25 e 10 quilômetros – e uma caminhada participativa de 3 quilômetros. A largada é na avenida Jornalista Roberto Marinho, próximo da Ponte Estaiada, cartão postal de São Paulo. A chegada da maratona e dos 10 quilômetros é próxima ao Obelisco, no Ibirapuera. Já a chegada dos 25 quilômetros ocorre na Avenida Escola Politécnica (ao lado do IPT), enquanto a caminhada começa e termina na Avenida Jornalista Roberto Marinho.

Ciclofaixa suspensa – Em função da Maratona de São Paulo passar por vários pontos da cidade, o uso da Ciclofaixa de Lazer está suspenso durante todo o domingo. Essa medida visa garantir a segurança de todos, sejam ciclistas, corredores ou espectadores da prova.

Ações prometem aproximar público da Maratona – – Desde maio diversas ações apoiaram a divulgação da Maratona de São Paulo para aproximar a prova do público. Neste domingo, haverá oito tendas com música e outras atrações, ao longo do percurso.

Para integrar esses pontos de torcida, foram convidados os moradores da Freguesia do Ó, Butantã, Parelheiros, Guaianases, Heliópolis e Capão Redondo, comunidades que participaram do Circuito Popular de Corrida de Rua e que tiveram cerca de 400 classificados para a Maratona.

Fonte: Vinícius Cabral/ZDL