Atletas do MS treinam forte para fazer bonito nas Paraolimpíadas/SP

Em Dourados, o projeto CTA (Centro de Treinamento de Atletismo) e esportes adaptados vêm treinando forte para fazer bonito nas Paraolimpíadas que serão realizadas de 25 a 30 de agosto na cidade de São Paulo.

Sob as coordenações dos profissionais em educação física Antonio Pietramali; James Marcelo Elói; Amanda Ferreira Feitosa e Ana Lúcia Gomes, no total, 11 dos 28 alunos douradenses do projeto foram convocados para integrar a seleção sul-mato-grossense na competição que deverá contar com todos os demais estados nas disputas das mais variadas modalidades esportivas coletivas e individuais.

Para a seleção sul-mato-grossense, seguirão para a 5ª edição da competição nacional com os demais integrantes da delegação que contará com 126 pessoas entre atletas, treinadores e guias, nove douradenses que disputarão as provas de atletismos e outros dois na prova de bocha paraolímpica.

Ainda de acordo com informações, na delegação de Mato Grosso do Sul que contará com atletas paraplégicos e tetraplégicos, a idade mínima será de 12 e a máxima de 19 anos, e existem grandes oportunidades dos douradenses conquistarem medalhas de ouro, prata e de bronze ao longo da competição. “Estamos treinando bastante os nossos atletas, pois assim como nós, eles desejam fazer bonito nesta competição”, disse Antonio Pietramali, um dos coordenadores do projeto CTA douradense, lembrando que na edição de 2009 o Mato Grosso do Sul atingiu o ápice das Olimpíadas ao ficar entre os três primeiros colocados na computação geral das conquistas das medalhas.

Para São Paulo segundo os coordenadores douradenses, estarão entre a delegação de Mato Grosso do Sul com o apoio do Governo do Estado por meio da Fundesporte, atletas que estarão brigando por medalhas nas categorias de atletismos; natação; judô; bocha; tênis de mesa e futebol de 7 enquanto em outras quatro modalidades não haverá representantes por não ter atletas aptos a disputá-las.

Ainda de acordo com informações de Antonio Pietramali, a tendência dos investimentos nos esportes em prol de pessoas com deficiências tende a ficar cada vez maior e melhor, uma vez que a FUNCED (Fundação Cultural e de Esportes de Dourados) sob o comando de Antonio Coca, por determinação do prefeito Murilo Zauith deverá gerenciar à quadra de esportes para-desportivas no Centro de Convivência de Pessoas com Deficiências Dorcelina Folador. “Com certeza que receber o apoio do Poder Público em projetos sociais como este, a nossa tendência é crescer em muito em todas as modalidades, além de obtermos uma ampla estrutura para que possamos preparar os nossos atletas paraolímpicos”, resumiu Antonio Pietramali feliz com os resultados obtidos pelos atletas douradenses tanto nas competições local e estadual como nas demais em nível de país.

Fonte:  Waldemar Gonçalves (Russo)

Anúncios