Rio receberá Open com a maior premiação em dinheiro da história da paranatação

As raias da piscina do Complexo Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro, serão tomadas por medalhistas paraolímpicos, recordistas mundiais e novos talentos da paranatação nacional e internacional, entre os dias 12 e 15 de outubro.

O público poderá ver de perto atletas como Daniel Dias (nove medalhas, sendo quatro de ouro, classe S5, nas Paraolimpíadas de Pequim e eleito melhor atleta paraolímpico do ano em 2008, pelo prêmio Laureus), Andre Brasil (quatro ouros e uma prata, classe S10, nas Paraolimpíadas de Pequim) e Edênia Garcia (tricampeã mundial nos 50m costas, classe S4) no 2011 Loterias CAIXA Brazilian Swimming Open Championship.

O Open, patrocinado pelas Loterias CAIXA, terá a maior premiação em dinheiro já distribuído em campeonatos de paranatação. Serão mais de 40 mil euros divididos entre os 10 atletas, no feminino e no masculino, que conseguirem os melhores índices técnicos na disputa e as cinco melhores comissões técnicas.

A competição reunirá atletas de países como Portugal, Suíça, Croácia, Suriname e Iraque. Os interessados podem fazer as inscrições até o dia 25 de junho, no site do evento (http://brazilianswimmingopen.com).

Premiação

O atleta que conseguir o melhor índice técnico da competição, no feminino e no masculino, ganhará 3.500 euros. O segundo levará 2.500 euros, o terceiro 1.500, o quarto e o quinto 1.200, o sexto e o sétimo 1.000 e o oitavo, o nono e o décimo lugar receberão 800 euros cada.

A melhor comissão técnica receberá 5.000 euros, a segunda 4.000, a terceira 3.000, a quarta 2.000 e a quinta 1.000.

Inscrições

O processo de inscrição ocorrerá em três fases. Na primeira (até 25/6) a equipe deverá inscrever o número total de atletas e integrantes da comissão técnica. Na segunda (12/8), deverá apresentar os nomes dos competidores, classes, provas que disputarão e o requerimento de classificação. Na terceira e última (5/9), será o momento de entregar a lista completa de atletas e staffs, incluindo pagamento. Os valores variam entre R$150 (€80) por atleta e R$50 por integrante da comissão técnica (€20).

Fonte: CPB