Freguesia do Ó classifica últimos atletas do Circuito Popular para Maratona de São Paulo

Pela quarta vez, o Circuito Popular de Corrida de Rua qualificou atletas para a Maratona de São Paulo. A prova deste domingo, décima de 25 etapas da competição, registrou presença de dois mil participantes na região da Freguesia do Ó, Zona Norte de São Paulo (SP), mesmo com o frio de 16 graus. Entre os presentes, uma jovem chamou a atenção pela alegria. Beatriz, de 16 anos, completou o percurso de 5 quilômetros em uma cadeira de rodas, empurrada pela mãe Cláudia Schaefer.

“A alegria dela nas corridas é que me faz ter forças para participar. Quero fazer mais etapas do circuito e participar de provas com distâncias maiores, mas desde que o percurso seja plano”, contou. “O Circuito Popular é democrático e proporciona a participação de jovens, idosos, entre outros. Além de ser um evento esportivo organizado de maneira competente, certamente é um evento de integração social”, afirmou Bebeto Haddad, Secretário Municipal de Esportes.

 

Disputas emocionantes no pelotão da frente – Nelson Korb, atleta de 25 anos da equipe Coyotes Run, foi o primeiro a cruzar a linha de chegada. O catarinense, que trabalha em um restaurante, finalizou a prova em 15min28seg. “Consegui ditar um ritmo desde o início e deu tudo certo. Essa vitória vai fazer com que eu seja mais visto e quem sabe consiga arrumar um patrocínio. Estou muito feliz pelo resultado”, disse ele, que pretende disputar algumas das principais corridas do Brasil, como a 10K Brasil, no próximo domingo, além de Meia do Rio, Volta da Pampulha e outras mais. Leonardo Santana de Oliveira ficou em segundo, seguido por Odair Costa, Claudio Roberto Macedo e Bruno Paulino dos Santos.

No feminino, Andréa Keilla Galvão foi a melhor. A guarda civil completou o percurso em 19min15seg e ficou satisfeita com o desempenho. “Deu tudo certo. Consegui superar as adversárias para vencer. Amo o Circuito Popular, que dá oportunidade para o pessoal da periferia”, explicou a corredora de 37 anos, que também procura um patrocínio. Edinalva da Silva Nunes terminou em segundo lugar e alcançou o décimo pódio em dez corridas. “É incrível correr o Circuito Popular. Espero chegar ao pódio em todas as etapas até o final do ano”, destacou a feirante de 41 anos. Eva Rocha Duarte, Elineia Ferreira de Aquino e Josilene de Jesus completaram o pódio. Em todas as etapas classificatórias, os três melhores colocados (masculino e feminino) garantem vaga no Pelotão C da Maratona de São Paulo, desde que comprovem participação em provas de 21 quilômetros nos últimos 18 meses. Já os 50 primeiros, no masculino e no feminino, entram na prova de 10 quilômetros da disputa. Antes, as etapas em Parelheiros, Guaianases e Butantã garantiram vagas aos atletas na Maratona de São Paulo. Até o fim do ano, o evento passará por Ermelino Matarazzo, Vila Maria, Aricanduva, Jabaquara, Capela do Socorro, Perus, Vila Prudente, Jaçanã, Cidade Ademar, Lapa, Pirituba, Casa Verde, São Miguel, Mboi Mirim e São Mateus.

Fonte: ZDL

Anúncios