Tetraplégico cruzará um dos desertos mais remotos do mundo

Um tetraplégico australiano quer ser a primeira pessoa a atravessar em cadeira de rodas o deserto de Tanami, considerado um dos lugares mais isolados e áridos do planeta, informou a imprensa local nesta quinta-feira.

Acompanhado de seu amigo Luke Bevan, Rob Cook partiu na terça-feira de sua fazenda familiar na comunidade de Suplejack rumo à cidade de Alice Springs, em um trajeto de 730 km que prevê percorrer em 24 dias, segundo a rádio ABC.

O ex-campeão de rodeios espera que sua façanha lhe proporcione fundos para seguir com seus estudos de Agricultura e ajude a conscientizar sobre a situação das vítimas de acidentes de trabalho nas áreas rurais da Austrália.

Cook ficou tetraplégico em 2008, quando o helicóptero no qual voava caiu após um problema no motor.

O granjeiro, 33 anos, espera que seu instinto de sobrevivência, o mesmo que o permitiu esperar sete horas até seu resgate, o ajude a atravessar o Tanami, que com seus 184.500 km² de extensão é o terceiro maior deserto da Austrália.

“Qualquer um que tenha estado no Tanami sabe que a ondulação do terreno é um problema”, disse Cook ao indicar que no trajeto será obrigado a parar constantemente para repor energias.

Fonte:Terra