Tênis de Mesa paraolímpico sofre com falta de recursos

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa anunciou no início da semana o cancelamento da participação dos atletas da Seleção Paraolímpica nos Abertos dos Estados Unidos e Alemanha, que serviriam como testes para o Parapanamericano de Guadalajara, em novembro, no México.

A verba prometida pelo Ministério do Esporte, em 2009, para a preparação da delegação ainda não foi liberada. No final do ano passado a CBTM fez um planejamento contando com esse dinheiro e utilizou os recursos provenientes do Comitê Paraolímpico Brasileiro para cobrir as despesas em viagens do grupo em eventos internacionais.

Agora, sem a quantia que deveria ter sido passada pelo Ministério do Esporte, o desempenho dos brasileiros no Parapan está comprometido. O Presidente Alaor Azevedo lamentou a falta de comprometimento e disse que os prejuízos para a modalidade são incalculáveis.


“O dinheiro foi empenhado em dezembro do ano passado e mantivemos todo o planejamento com recursos do CPB, que agora acabaram. Estamos cancelando nossa participação no Aberto dos Estados Unidos e Alemanha, com sérios reflexos sobre os resultados em Guadalajara”, explicou Alaor. “Esses recursos foram prometidos em novembro de 2009! Estou extremamente decepcionado e os atletas também. É algo lamentável que vai comprometer a participação dos brasileiros”, disse.

Além de não ter dinheiro para arcar com as despesas, ainda haverá uma multa de 30% sobre o valor das inscrições por causa do cancelamento. Os brasileiros também não devem participar de dois importantes eventos que antecedem o Parapan, na Republica Tcheca e Inglaterra. “Realmente algo lamentável que vai comprometer todo nosso planejamento e certamente vai refletir negativamente nos resultados — avaliou a Líder de Seleções Paraolímpicas Ana Camargo.

Fonte: Clique ABC