Com apenas uma vaga assegurada na Paraolimpíada, Brasil tenta crescer time na Turquia

Nesta semana, o Brasil poderá aumentar a lista de atletas classificados para os Jogos de Londres, no ano que vem. Desta vez, quem entra em campo são os atletas paraolímpicos, que disputarão a partir de hoje em Antalya, na Turquia, o Campeonato Mundial de esportes para cegos.

A delegação brasileira viajou para a competição da Federação Internacional de Esportes para Cegos (IBSA, em inglês) com 25 atletas em duas modalidades: judô e goalball. Enquanto no primeiro esporte o Mundial conta pontos para o ranking mundial que definirá os classificados no segundo semestre de 2011, no goalball o torneio na Turquia já dará vagas diretas.

Para carimbar sua vaga para Londres ainda na Turquia, a equipe masculina de goalball terá de melhorar o resultado obtido no Mundial da categoria no ano passado, em Sheffield (GBR). Na ocasião, o país caiu nas quartas de final e terminou em oitavo. Desta vez, o time (que disputou as duas últimas Paraolimpíadas) necessita ficar entre os quatro primeiros para se classificar. No feminino, o Brasil não esteve no Mundial.

Caso o país fracasse em Antalya na tentativa de garantir vaga nas duas equipes, haverá uma última chance de classificação nos Jogos Parapan-Americanos em Guadalajara (MEX) em novembro.

Segundo o Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), o Brasil possui apenas uma vaga assegurada para a Paraolimpíada de Londres-2012, no ciclismo. O país também já está assegurado na natação, no atletismo e no futebol de 5 para cegos, mas ainda sem número de atletas definidos, o que será feito posteriormente pelo Comitê Paraolímpico Internacional (IPC, em inglês). Para a Olimpíada, já são 43 atletas garantidos no futebol, hipismo e tiro esportivo.

O Brasil estreia hoje em Antalya apenas no goalball. Pelo Grupo A, o time masculino enfrentará o Japão e os Estados Unidos. No campeonato feminino, o país jogará contra Dinamarca e Ucrânia pelo Grupo Y.