Judoca do time Olhar Tátil/Smel luta no Mundial

O judoca paraolímpico Harlley Damião Arruda, de 31 anos, da Classe Visual B1 (cego), integrante da equipe Olhar Tátil/Smel, de Mogi das Cruzes, está na cidade de Antalya, na Turquia, com a missão de representar o Brasil nos Jogos Mundiais da International Blind Sports Federation (IBSA) 2011.

O Mundial será realizado no período de 1 a 11 de abril e será dirigido aos judocas cegos e deficientes visuais com Baixa Visão.

Arruda é integrante da Seleção Mogiana de Judô Paraolímpico, representada pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), em parceria com a entidade de classe Olhar Tátil/Associação dos Deficientes Visuais e Amigos (ADVA).
Para o treinador Hélio Rong Junior, Arruda é ´literalmente´ um guerreiro e tem chances de trazer uma medalha para o Brasil. “Nossa meta é permanecer na seleção brasileira, pois temos ainda neste ano, a seletiva para os Jogos Para-panamericanos de Guadalajara, no México, que será realizado em novembro, e as Paraolimpíadas de Londres, em 2012”, descreveu.
O Projeto Judô Paraolímpico, do Centro Esportivo do Socorro, já revelou seis judocas paraatletas para a seleção brasileira. “Só nos falta a participação em uma edição dos Jogos Paraolímpicos”, explicou.

Fonte Moginews