Copa Brasil de Esgrima em Cadeira de Rodas começa nesta sexta, em Porto Alegre

Começa nesta sexta-feira, 1º de abril, a primeira etapa da Copa Brasil de Esgrima em Cadeira de Rodas, em Porto Alegre. O campeonato é organizado pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB) e tem como objetivo o desenvolvimento da modalidade no país, dando oportunidade de competição aos atletas de elite e aos novos valores.

No último ano, a Copa teve um crescimento de 21,42% em relação ao ano anterior. Isso graças ao aumento no número de participantes homens: em 2009, foram 14 inscritos no masculino. Em 2010, o número pulou para 20.

“Ano passado foi muito bom para nós. Pela primeira vez organizamos um campeonato lado a lado com a esgrima convencional e participamos de três competições internacionais. Isso é excelente para nossa divulgação”, explicou Váber Nazareth, coordenador da Esgrima em Cadeira de Rodas.

Para 2011, Nazareth espera que o nível técnico seja maior:

“A esgrima em cadeira de rodas ainda não é um esporte consolidado no cenário, mas acho que estamos no caminho para isso. Os atletas estão evoluindo e há mais de divulgação. Acho que teremos um bom campeonato”.

“Esse ano é bastante significativo para nós, porque estamos cada vez mais perto do Parapan e de Londres 2012. Temos que acumular pontos no ranking para tentar a classificação”, complementa Nazareth.

Já no final do mês de abril, a seleção brasileira de esgrima em cadeira de rodas embarcará para Montreal, no Canadá, onde disputará uma das quatro competições internacionais que do ano. As outras acontecerão em Lonato (Itália), Varsóvia (Polônia) e Catânia (Itália), nos meses de maio, junho e outubro, respectivamente. As quatro valem pontos importantes no ranking internacional, que classifica para os Jogos de Londres.

Suélen Rodolpho, Daiane Peron, Jovane Guissone e Clodoaldo Zafatoski são os quatro atletas que representarão a seleção brasileira no Mundial de Montreal, entre os dias 28 de abril e 1º de maio. São eles também os favoritos desta primeira etapa da Copa Brasil.

Fonte CPB