Goalball brasileiro quer vaga em Londres

No goalball, o Brasil busca a classificação para as Paraolimpíadas de Londres tanto no feminino quanto no masculino. Para isso, as duas equipes terão que ficar entre os quatro primeiros da competição. Meta bastante plausível, segundo o coordenador da modalidade, Artur Squarise. Os jogadores embarcam nesta quarta-feira, 30, às 23h, para Antalya, na Turquia, onde disputarão o Campeonato Mundial da IBSA. “Estamos investindo bastante forte e as duas equipes têm tido uma evolução grande. A chance de conseguirmos a vaga é bem grande”, garante.
O Brasil já esteve em duas edições dos Jogos Paraolímpicos com o goalball: em Atenas 2004, apenas as mulheres defenderam a camisa verde e amarela. Em Pequim 2008 o Brasil contou, pela primeira vez, com as equipes feminina e masculina. Feito que pretende repetir em 2012.
“Estamos com uma melhor estrutura e acompanhamento. Agora, os atletas não treinam forte apenas quando estão reunidos com a seleção, mas também têm um cronograma para quando voltam às suas equipes. Com isso, eles chegam para os treinos da seleção mais bem preparados”,explica Squarise.
O resultado já começou a aparecer ano passado, no início desse trabalho. O time masculino chegou à inédita quartas de finais do Mundial da modalidade e ficou a uma vitória da vaga para Londres.Perdeu para o Iran por 3×1 e terminou a competição em oitavo. “Tivemos algumas mudanças do Mundial para cá e chegaremos bem mais fortes dessa vez”, assegura Artur Squairise.

Fonte: CPB

Anúncios