Paraatleta de Parnamirim se prepara para disputar brasileiro

Natalense radicado em Parnamirim há 16 anos, o para-atleta Marlonildo da Rocha Bezerra, 52 anos, coleciona títulos e medalhas em campeonatos regionais e nacionais. No próximo dia 12 de abril, ele vai participar do campeonato brasileiro de tiro com arco e flexa em Brasília (DF). Apesar dos prêmios, reclama da falta de apoio para praticar o esporte e competir.

Casado, pai de duas filhas, perdeu a perna esquerda num acidente de automóvel. Depois de ficar sete anos parado, encontrou novo sentido na vida quandoa, atendendo a um convite de outro para-atleta, começou a praticar alterofilismo. Mudou para tênis de mesa e, finalmente, tiro com arco, quando ganhou várias comeptições para o Rio Grande do Norte.

“Tem muita gente que acha que perder uma perna é o fim da vida. Depois do acidente e do esporte, pra mim foi que a vida começou”, disse.

Em 2004, após ter sido bi-campeão brasileiro de tiro com arco em 2002 e 2003, teve que abandonar o esporte por falta de condições para treinar e viajar para as competições. Voltou a competir dois anos depois e, em pouco tempo, já estava conquistando novas medalhas. A última foi em 2010, quando conquistou o vice-campeonato brasileiro na sua modalidade em Brasília.

Marlonildo disse que esperar atrair apoio e patrocínio para seguir representando o Rio Grande do Norte. Ele contou que seu objetivo ao participar do próximo campeonato brasileiro, em abril, além da conquista das medalhas, é obter o índice para o Para-Panamericano, que deve acontecer ainda este ano, entre outubro e novembro.

O para-atleta se disse grato pelo apoio que tem recebido da Prefeitura de Parnamirim, mas afirmou que ainda é preciso atrair novos apoiadores. “Os para-atetas dos outros estados têm muito mais apoio. Nós ainda precisamos sensibilizar governos e empresários para nos ajudem a continuar competindo e honrando nossa cidade e o Rio Grande do Norte”.

Fonte: Prefeitura de Parnamirim

Anúncios