Sesi de Simões Filho (BA) poderá receber eventos paraolímpicos

Depois de entregar no domingo, em São Paulo, duas arenas de primeiro mundo – o reformado Ginásio do Ibirapuera e o Estádio Ícaro de Castro Melo com uma pista de atletismo Classe 1 – a Recoma finaliza mais uma grande obra. Nesta quarta-feira (25) será inaugurada a pista de atletismo do SESI -Serviço Social da Indústria – de Simões Filho, cidade localizada na região metropolitana de Salvador (BA), a primeira da Bahia com medidas oficiais e certificação da Federação Internacional de Atletismo.

O local recebeu um novo piso, drenagem, iluminação para provas noturnas e arquibancada para 1.500 pessoas, numa obra orçada em R$ 4,5 milhões. A empresa líder do mercado nacional de infraestrutura esportiva instalou o piso sintético Regupol, importado da Alemanha, na cor vermelha. O mesmo piso foi aplicado no Estádio do Ibirapuera e no Centro Olímpico, em São Paulo, e no Estádio Olímpico de Berlim, sede do Mundial de 2009, quando o jamaicano Usain Bolt bateu os recordes mundiais dos 100, 200 e 4×100 m.

No domingo (22), atletas do Brasil e do exterior disputaram o GP São Paulo CAIXA de Atletismo, no Ibirapuera, e aprovaram a qualidade e rapidez da nova pista. Prova disso foram as quebras de marcas logo na estreia.

“Em São Paulo, no último domingo, a aprovação foi unânime. Todos, inclusive os atletas de fora do País, colocaram a pista no patamar mais alto. Agora, é a vez do SESI Simões Filho ter um Estádio com padrão internacional. É importante para a Bahia ter um local de alto nível para poder revelar talentos”, disse Sérgio Schildt, presidente da Recoma.

O trabalho em Simões Filho começou no final do ano passado e a pista já será utilizada na abertura dos Jogos Nacionais do Sesi 2011. Mais de 1200 atletas, de todo o País, participam do evento, que ocorre até o final de semana.

“Agora o SESI Simões Filho tem infraestrutura para receber importantes competições esportivas”, garantiu Sérgio Schildt. A Recoma já comercializou 37 pistas no Brasil.
Recoma cresceu 70% em 2010 - O ano de 2010 foi histórico para os 31 anos de vida da Recoma. A empresa teve faturamento 70% maior do que no ano anterior. Líder no mercado de infraestrutura esportiva, a Recoma tem 100 obras simultâneas em 12 estados brasileiros, com destaque para a reforma do Complexo Esportivo do Ibirapuera.

Com 600 funcionários, a Recoma é filiada à Abriesp – Associação Brasileira da Indústria do Esporte. Nos últimos meses, a empresa realizou diversas obras para clubes brasileiros como Palmeiras (reforma de ginásio e quadras de tênis), Corinthians (piso de salas do novo Centro de Treinamento), São Paulo (sala de ginástica) e Vasco da Gama (quadras).

Fonte: ZDL

About these ads